Warning message

Mean Menu style requires jQuery library version 1.7 or higher, but you have opted to provide your own library. Please ensure you have the proper version of jQuery included. (note: this is not an error)

Direito Socioeducativo: Responsabilização Diferenciada de Adolescente (Paperback)

Direito Socioeducativo: Responsabilização Diferenciada de Adolescente Cover Image
$5.38
Out of Stock; Usually Arrives in 5-7 Days
(This book cannot be returned.)

Description


A obra contempla estudos e pesquisas sobre a responsabiliza o socioeducativa de adolescente, a quem se atribui a pr tica de uma conduta conflitante com a lei (ato infracional). O adolescente que praticar um ato infracional poder judicialmente ser submetido ao cumprimento de medidas socioeducativas e/ou protetivas. As medidas socioeducativas podem variar desde a advert ncia at a interna o; enquanto que as medidas protetivas se destinam efetiva o de suas liberdades p blicas. Nessa obra, tratou-se tamb m do Direito da Crian a e do Adolescente, ent o, criado no Brasil a partir do advento da Constitui o da Rep blica de 1988, quando, ent o, adotou-se a doutrina da prote o integral. A doutrina da prote o integral pode ser entendida como os direitos humanos especificamente destinados crian a e ao adolescente, para fins de emancipa o subjetiva. Isto , para a melhoria da qualidade de vida individual e coletiva desses novos sujeitos de Direito (emancipa o subjetiva). De igual maneira, destaca-se as atribui es legalmente destinadas ao Conselho Tutelar, que, apesar de n o ser respons vel pelo acompanhamento do cumprimento da medida socioeducativa judicialmente determinada a adolescente, tem o dever legal de fiscalizar as entidades de atendimento socioeducativo em que se cumpre as medidas tanto em meio aberto (liberdade assistida e presta o de servi os comunidade), quanto em meio fechado (semiliberdade e interna o). Em rela o responsabiliza o diferenciada de adolescente, apresenta-se a discuss o sobre os marcos te rico-pragm ticos que poderiam legitimamente fundamentar tanto a aplica o judicial de medidas legais (protetivas e socioeducativas), quanto o acompanhamento administrativo dos respectivos cumprimentos. Por isso mesmo, destaca-se a tens o entre o discurso decorrente do direito penal juvenil e o discurso sustentado pela doutrina da prote o integral para fins de responsabiliza o diferenciada do adolescente a quem se atribuiu a pr tica de uma conduta conflitante com a lei. A responsabiliza o diferenciada, por isso mesmo, significa a ado o de categorias jur dicas pr prias e espec ficas, ent o, consagradas no Estatuto da Crian a e do Adolescente (Lei n. 8.069/90), e, n o diversamente no mbito do direito penal (juvenil). Ainda, cuida-se tamb m dos aspectos administrativos e jurisdicionalizados que regulamentam o acompanhamento jur dico-legal do cumprimento das medidas socioeducativas judicialmente determinadas a adolescentes, tendo-se em conta a regulamenta o espec fica da denominada Lei do SINASE (Lei n. 12.594/2012). A Lei do SINASE estabelece padr es t cnicos administrativos para a constitui o e o regular funcionamento das entidades que se destinam ao atendimento socioeducativo, bem como passa a descrever novos princ pios para o cumprimento das medidas socioeducativas, e, a previs o de procedimentos incidentais. Paralelamente a tudo isso, tratou-se tamb m da redu o da idade de maioridade penal e suas implica es no mbito do direito da crian a e do adolescente, em especial, acerca da jurisdi o e do processo, que, na contemporaneidade, constituem-se em garantia desses novos sujeitos de Direito, e, n o como instrumental para legitima o da viol ncia como forma de controle social. O ato infracional, isto , a conduta conflitante com a lei, enquanto pressuposto l gico das medidas socioeducativas, tamb m foi analisado como crit rio objetivo para limitar a interven o estatual, aqui, de cunho socioeducativo (sociopedag gico), e, assim, constituir-se como um dos aspectos que tamb m diferenciam essa forma de responsabiliza o do adolescente. A responsabiliza o diferenciada, assim, requer a constru o de uma inst ncia jur dico-legal pr pria que, por isso mesmo, requer um marco te rico-pragm tico espec fico, o qual aqui fora denominado de Direito Socioeducacional para fins de asseguramento e de efetivi.


Product Details
ISBN: 9781092935920
ISBN-10: 1092935924
Publisher: Independently Published
Publication Date: April 6th, 2019
Pages: 60
Language: Portuguese